sexta-feira, 18 de março de 2011

Caso Fabrício Augusto.

Delírios de Mim Mesma.



"Mais uma vida jogada fora
Um coração que já não bate mais, descanse em paz
Sonhos que vão embora, antes da hora
Sonhos que ficam pra trás..."



Um péssimo exemplo para o Brasil é que no Acre existe CRIME PERFEITO.
É o caso do menino Fabrício Augusto que há exatos um ano e dois dias não tem resposta.



"A família não acredita no que aconteceu
Ninguém consegue entender porque o garoto morreu
Tiraram da gente um jovem tão inocente..."



O Caso

Fabrício Augusto Souza da Costa, 16 anos, está desaparecido um ano, no entanto, seu corpo – elemento que atestaria a materialidade do crime -, ainda não foi encontrado.

De acordo com a denúncia oferecida pelo MPE (processo nº 001.10.009950-6), os seis denunciados, juntamente com duas menores – as quais respondem pelo crime na 1ª Vara da Infância e da Juventude -, seqüestraram o estudante, com o intuito de obter vantagem com o preço do resgate.

Segundo a Promotoria, a ação do grupo resultou na morte de Fabrício da Costa. Em seguida, os denunciados ocultaram o cadáver e corromperam as duas menores com as quais praticaram as infrações penais, previstas no art. 159, parágrafo 3º do Código Penal (extorsão e seqüestro com resultado de morte); art. 211 do Código Penal (ocultação de cadáver) e o art. 244-B da Lei 8.069/90, Estatuto da Criança e do Adolescente (corrupção de menor).


"Sonhava com o futuro desde menino
Ninguém podia imaginar o seu destino
Mais uma vítima de um mundo violento."
...

"Por quê um jovem que vivia sorridente perde a sua vida assim tão de repente?
Logo um cara que adorava viver
Realmente é impossível entender
E nenhuma resposta vai ser capaz de trazer de novo a paz à família do rapaz
Nunca mais suas vidas serão como antes."

Letra e Música: Gabriel O Pensador.

2 comentários:

  1. Meu coração chora, passo mal quando passo na rua que vejo a foto desse rapaz desaparecido, subtraido da convivencia dos seus e logo levo o pensamento em meu único filho de 19 anos,e consigo sentir um pouco da grande dor dessa familia,sigo meu caminho levando comigo perguntas sem respostas e me ponho a pensar " Meu Deus, que seria de mim...se fosse meu filho" é Duro, é dificil de digerir uma coisa dessa, me faz lembrar quando ainda mocinha o caso do desaparecimento do menino Carlinhos, no Rio de Janeiro acho, me tirava o sono...e agora vejo isso acontecendo aquí, entre nós, os acreanos e fica por isso mesmo???
    É chocante, é agressivo...Só Deus mesmo para aliviar tanta dor dessa família.
    Sou
    Angela Martins

    ResponderExcluir
  2. P S: Falando em bandidos... Onde vamos parar? O Executivo, Legislativo e Judiciário estão tão banalizados que ninguém se interessa por mais nada. Bandido faz o que quer e ainda é defendido. Tem logo os Direitos Humanos que só serve pra proteger bandido... Que faz a policia de boba e fica por isso mesmo. E nós temos quevviver a mercê de tudo isso. Que os nossos direitos que deveriam ser atendidos, são esquecidos. Colocamos eles no poder pra quê?
    Se fosse um filhos deles, duvido que estaria assim. Se contar que e mais um caso a ficar no esquecimento. ONDE ELES ESTÃO? porque os bandidos sabemos que estão soltos aterrorizando e acabando com as familias. Que Jesus nos cubra com seu sangue e nos dê Graça pra suportar tanta injustiça... os bolsos estão sendo cheios, os eventos milionarios acontecendo e sendo promovidos com nosso dinheiro, os bandidos soltos, e nós prisioneiros(as) de nossas proprias leis, que só garantem direito pra bandido. Brasil... Infelizmente...
    D.M.N.C.B

    ResponderExcluir